sexta-feira, março 24

CULHÃO!

Cada dia que passa estou mais convencida:
SÓ FAZ TEATRO QUEM TEM CULHÃO!!!
É isso, só trabalha com teatro aquele que tem culhão suficiente pra aguentar o tranco!
É muita VIDA, é muito SONHO, é muito PEITO, é muita DOR, é muito AMOR e é muito SUOR, SUOR, SUOR e sem pudor de perder tudo pra atingir o máximo da doação, da fé.

É Missão sim, missão de estar e ficar! Missão de andar e parar! Missão de dizer e sentar raíz onde quer que seja, e seja assim mesmo, sem menores emoções, é tudo a flor da pele, é casca arrancada na ferida recente. Dói e Arde. É febre, alucinação de febre e magia de médico pra acalmar o fervor, ir devagar com o andor, e frear quando o muro se aproxima... Não bater no muro, não se acidentar a toa!

Tem que ter culhão! Coragem de transpor o muro, dar o mundo a tapa, dar a cara ao nada e a mente a tudo! Estudo no sentido mais belo da palavra, de mim a ti, de nós a vós! Ter voz e nunca calar... Dar voz a quem calou pra sempre!
É eletrochoque! Ressucitar mesmo quem fechou os olhos e endureceu. Empalideceu. Petrificou e não viu, prostrado, que os séculos passados, não estão no passado! Eu os trago a tona, eu entrego de bandeja pra quem quiser... Te damos esse presente nas mãos, pegue. Sinta esse pulsar de vida, sinta esse jorro quente da alma, arrisque perder a calma, o juízo, a razão. Isso é o que realmente te espera se você tiver estômago pra digerir nosso tempero.

Tem que manter a cabeça
Tem que usar a garganta
Tem que preparar o estômago
Tem que ter peito
Tem que ter pernas e fortes!
Tem que estar no coração
TEM QUE TER CULHÃO!
Alissandra Rocha - Diretora / Dramaturga

3 Comments:

At 5:16 PM, Blogger Johnny Kagyn said...

Tem que manter a cabeça
Tem que usar a garganta
Tem que preparar o estômago
Tem que ter peito
Tem que ter pernas e fortes!
Tem que estar no coração
TEM QUE TER CULHÃO!

E ainda é preciso acreditar bem mais que Gabud Aiar. É preciso deixar o coração sangrando para a mente funcionar. São lágrimas que secam a garganta...

 
At 10:37 AM, Blogger Alissandra Rocha said...

São entranhas expostas pros outros tocarem. São sorrisos gelados e olhares flamejantes.

SOMOS NÓS, E EU SOZINHA!

 
At 3:15 AM, Blogger Márcia Nestardo said...

Sozinha, consigo mesma. Com seus fantasmas e mestres de outras vidas.
Depois e quase ao mesmo tempo, com mãos e pés e ventres mesclados aos outros sonhadores que se lançam ao mesmo destino.

Tem que ter alma pra doar.
Tem que ter amor.
Tem que tecer a própria dor.
Tem que ter o peito como Amortecedor.

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home


Web Site Counter