quarta-feira, março 1

Quis ter ido ao Teatro

Senhor Ç acordou cedinho como sempre, estava eufórico.
Colocou seu chinelinho de pano.
Preparou um suco, o café, bitucou o cigarro e saiu.
Pegou seu dinheirinho contado e foi a casa de W, o pegou pelo braço, lhe comprou doce, entrou no ônibus.
- Chegou! Gritou exaltado.
- Está vendo aquela fila? Pois bem é ali que compramos os ingressos a preço popular!
Compraram os ingressos.
- Aqui ficamos na fila e esperamos para entrar.
Entraram, ficaram e saíram.
Saíram e saíram.
Senhor Ç nunca mais voltou ao teatro.
O W disse que queria ser ator, nunca chegou a se tornar um. Pois tinha como base a porcaria de teatro que lhe apresentaram.


Cheguei agora pouco do TEATRO, digo do CCSP, quis ter ido ao teatro.
Não fui.
Sentei-me e vi uma sessão de improviso na minha frente, mal improvisada.
Atores largados. Será que eles tiveram uma experiência ruim com o teatro?
Diretor. Diretor?
Discordo do Kagyn e da Rocha com relaçao ao texto, não achei nada grandioso, não sei o que tentaram fazer com a adaptação.
Sei das qualidades dos textos orientais e não vi isso lá.
Total demérito desta montagem.
Sim, estou radical em minha crítica, em demasia?
Não.
Pode ser que os atores estava em um mal dia, podem me falar isso. Mas bota mal nisso!
Me recuso a aceitar o convite deles em retornar.
Infelizmente não recomendo.
Voltarei ao teatro por ter necessidade e agora quem não tem esta necessidade vai voltar? E o que é pior sai de sua poltrona achando que o teatro é o que viram e não é.
Volto a dizer quis ter ido ao teatro.
Ah a peça é “Num bosque” Cia Círculo da Miragem e direção ( olha ele aqui) Francisco de Assis, o texto é de Ryonosuke Akutagawa.

Claudio Rosa

1 Comments:

At 12:10 AM, Blogger Márcia Nestardo said...

Só te peço que não desista.
Você e o teu texto tem e terão de mim todo o respeito e dedicação.

Vamos fazer teatro. E levar pessoas lá... Em algum lugar especial.

Beijo.

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home


Web Site Counter