quinta-feira, fevereiro 23

O que é ser dramaturgo?

Ditar diálogos elaborados por meio de personagens esquemáticos?
Impor idéias através de técnicas milenares?
Distrair um povo cansado através do riso fácil?
Tapear as dores mundanas dando ao público a redenção?
Tapear as dores da alma inventando falsas soluções?
Seria talvez levar a consciência política ao acomodado feliz?
Ser o espelho de seu tempo?

Não tenho resposta. Não uma resposta conclusiva e ampla.
Que fique a dúvida. Pois dela nasce o olhar para dentro, para si.
O que é ser dramaturgo?

2 Comments:

At 6:48 AM, Blogger Alissandra Rocha said...

Dramaturgo. Vc respondeu já... É um olhar para dentro de si mesmo e trazer a tona através de meias palavras e imagens inteiras, ecos de intermináveis conversas e memórias e planos futuros, mil futuros possíveis.

É ter voz e passar a vez pra outro, que fala melhor que ele.É estar a serviço do pensamento coletivo.

É ser o responsável pelo maravilhoso momento do silêncio antes do grito. Da respiração presa até a revelação da traição.

Eu sei que as metáforas não respondem, só enchem de lirismo a nossa cabeça, mas é um caminho para a compreensão de algo tão íntimo.

 
At 8:46 AM, Blogger Márcia Nestardo said...

Como eu só conheço o lirismo e minha arte se encerra na expressão etérea do que já foi palavra escrita, concordo com a Alissandra.

Tenho com o dramaturgo uma relação de dependência da qual não posso me ver livre, sinceramente nem quero.

O grande barato dessa brincadeira séria é conseguir realizar o meu universo imagético dentro da realização anterior do dramaturgo, estando apta e sendo dígna de proferir suas idéias sem negar, sobrepujar ou esquecer as minhas.

Ah... Eu sou atriz!

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home


Web Site Counter